quarta-feira, 13 de abril de 2016

Zéfiro

Sopro de vento
brisa

de Ar

Que vai e gira força
desnuda
bagunça tudo
Zéfiro

no Ar

Revigora o meu mundo
Leve Suspira Leve
Me deixa lev

Ar

Guiada pelo vento
dA cor de vida
Acorde menor
Acorda pra dança
e Me desafia
Pra'lém da valsa em brisa
Gira e me rodopia
em tempestade!


Ar é também redemoinho